Loading

Adquirindo uma rotina financeira

Esse é um guest post da WSI Consultoria. Boa leitura meninas!

Normalmente as pessoas começam a pensar em como elas precisam controlar o seu dinheiro quando estão passando por alguma crise ou desejam muito comprar algo que precisa de um bom investimento. O problema é que grande parte dessas pessoas faz esse controle financeiro apenas nas horas de necessidade, abandonando o costume quando estão bem com suas finanças, acarretando, provavelmente, em problemas com dinheiro no futuro.

Apesar de muitos considerarem a rotina financeira entediante ou até mesmo não verem necessidade de que seja feita sem pausas, possuir uma planilha de gastos detalhada e atualizada constantemente, sem que nada seja esquecido, pode acabar se tornando prazeroso e até mesmo motivador para o nosso controle financeiro.

O começo pode mesmo ser um pouco difícil, qualquer rotina que inserimos no nosso dia-a-dia passa um tempo para que criemos o costume e passe para o automático, onde fazemos sem precisar ficar pensando e se cobrando toda hora sobre essa necessidade.

É comum que no início algumas coisas fiquem de lado, como aquele cafezinho que tomamos depois do almoço e nos esquecemos de anotar, o que no final no mês resultará em diferenças na planilha de gastos que estiver utilizando. Nesse primeiro momento não precisa ter muitas preocupações, esquecer algumas coisas é normal, justamente por causa da falta de costume, o que com o tempo ficará cada vez menos frequente de acontecer.

Mas existem algumas coisas que podem ser feitas para não se esquecer de nada:
•Ande com um caderno ou bloquinho na bolsa onde seja possível anotar todos os seus gastos, não precisa ser na mesma hora que estiver pagando a conta, caso não se sinta confortável, mas tente memorizar o gasto e assim que puder anotá-lo, antes que esqueça o valor.
•Guarde todas as notas fiscais do dia para conferir suas anotações para ver se esqueceu de algo, caso você seja bem organizado, muitas vezes as notas fiscais substituem a necessidade de andar com um bloquinho e tornando o processo até mais rápido.
•Tenha um tempo no final do dia para anotar as suas informações. Fazendo as anotações um pouco por dia acaba ocupando menos espaço do seu tempo disponível e também já é possível avaliar o quanto você ainda possui para gastar, podendo se conter ou então entender quando é o momento certo para investir o que tiver no seu caixa.

Você pode estar pensando que tudo isso só fez comprovar o que você achava, que fazer um controle financeiro pode ser bem entediante. O processo de rotina pode ser entediante para os que não gostam de ter esse compromisso, só que quando costumamos avaliar os resultados que esse costume faz na nossa vida, passamos a entender que a parte, digamos que, chata do processo precisa ser feita para conseguirmos alcançar nossos objetivos.

Ao final de todo mês é interessante analisar todos os gastos para ver onde estamos extrapolando o que estipulamos, ou entender como que gastamos o nosso dinheiro, pois quando temos tudo anotado e com os resultados, conseguimos visualizar qual a melhor maneira de economizar para investimentos futuros e conseguir manobrar todos os nossos investimentos, tendo que quebrar muito menos a cabeça e tornando o processo de planejamento de gastos prazerosos.