Loading

Com quantos anos você vai se aposentar?

Texto exclusivo da Vérios para o site Mulher Rica

Com quantos anos você vai se aposentar?

Desde o ano passado o país discute as mudanças nas regras da aposentadoria pelo INSS. O governo alega que as contas não fecham e, por isso, será preciso fazer a reforma da Previdência.

Embora a gente tenha o salário descontado a vida toda, essa contribuição não fica lá investida esperando chegar nossa hora de usufruí-la. Pelo sistema previdenciário atual, os trabalhadores pagam o benefício dos aposentados. Só que a população está envelhecendo e estamos tendo cada vez menos filhos. Isso significa que quando chegar nossa vez de pendurar os saltos, os recursos para bancar nosso benefício serão mais escassos.

A regra atual e a nova da previdência

Pelas regras atuais, uma mulher pode solicitar o benefício da aposentadoria pública ao completar 30 anos de contribuição ou chegar aos 60 anos de idade.

Com a nova proposta em trâmite no Congresso, a idade mínima para aposentadoria passa a ser de 65 anos. Isso significa, na prática, que precisaríamos trabalhar por no mínimo 49 anos (e isso vale se você começou a contribuir ainda adolescente, aos 16 anos de idade!). Algumas análises mostram que a reforma da Previdência prejudica mais as mulheres. O presidente Michel Temer já até cogitou baixar a idade mínima para nós, que trabalhamos em duplo expediente — no trabalho e em casa. Mas por enquanto nada é certo.

Agora reflita: você se imagina seguindo uma rotina diária de trabalho aos 70, talvez 80 anos de idade? Ou será que nessa cidade você gostaria mesmo é de passear bastante, viajar e fazer as coisas que gosta e não tem tempo hoje?

Esta é uma conclusão um tanto óbvia, mas vale reforçar: a não ser que você pretenda trabalhar a vida toda, não conte com a previdência pública. Primeiro porque você só poderá começar a receber a aposentadoria do governo com no mínimo 65 anos. Segundo porque certamente será uma mixaria, possivelmente bem menor do que o salário que você recebia antes de se aposentar.

Até quando você quer trabalhar?

Essa é a pergunta que você precisa fazer para si mesma! Agora, queira ou não, sua aposentadoria depende mais de você do que de qualquer outra pessoa ou governo.

Se você pretende se aposentar cedo, está na hora de começar a poupar mais. Mas não basta guardar: é preciso investir bem esse dinheiro. A lógica é abrir mão de um pouco de conforto hoje para transferi-lo para o futuro.

Veja algumas dicas para começar a construir uma aposentadoria tranquila para você hoje mesmo:

  • Poupe todos os meses, mesmo que só um pouquinho. Guardar dinheiro é um hábito. Quanto mais você pratica, mais enraizado esse hábito fica. Não desista porque você não conseguiu poupar tanto quanto queria no mês passado. Ao contrário, poupe mesmo que seja um valor pequeno. Um dia que você deixa de ir jantar em um restaurante já é o suficiente para dar o pontapé inicial na sua reserva para a aposentadoria.
  • Evite os planos de previdência privada oferecidos pelos bancos. Se a previdência pública não funciona, então vamos de previdência privada, certo? Nem sempre. Os produtos de investimento oferecidos pelos bancos costumam cobrar taxas altas, o que acaba diminuindo (e muito) a sua rentabilidade. Além disso, essas aplicações podem ter alíquotas de imposto sobre o rendimento muito altas no curto a médio prazo, o que fará com que você fique presa lá mesmo se perceber que não está valendo a pena. Não aceite investir em previdência privada só porque o gerente do banco indicou. Ele recebe comissões para vender planos e tem metas. Pesquise, investigue os custos, entenda o investimento antes de mandar seus recursos. É muito mais interessante aplicar em títulos do Tesouro Direto do que em planos ruins de previdência. Para ter uma ideia geral de quando investir em cada título, você pode usar o simulador de investimento da Vérios.
  • Preocupe-se com os custos dos investimentos. Não importa onde você invista, a análise das taxinhas (às vezes escondidas) que você paga para aplicar seu dinheiro é fundamental. Um fundo que cobra uma taxa de administração acima de 2% ao ano por 10 anos vai morder quase 22% dos recursos que você poupar nesse período. Nos bancos é fácil encontrar taxas de 3% ao ano, ainda mais quando você começa a investir e os valores aportados ainda são relativamente pequenos.

Talvez você pense que o futuro está muito distante para que comece a se preocupar com ele. Mas acredite, quando ele chegar, você vai querer voltar no passado e dar um abraço apertado em si mesma por ter se proporcionado uma aposentadoria dos sonhos!

 

X