Loading

COMO SOBRAR DINHEIRO NO FINAL DO MÊS

imagem

Se o seu salário termina sempre antes do mês, saiba que você não está sozinho: 25% das famílias brasileiras acham difícil chegar ao fim do mês com as contas em dia. O dado é da última Pesquisa de Orçamentos Familiares do IBGE.

O que não vale é ficar de braços cruzados diante do problema e esperar que, um dia, venha um aumento de salário. É preciso agir o quanto antes.

Para tentar ajudar nessa difícil tarefa, reunimos algumas estratégias de mudanças de hábito que podem modificar a sua relação com o que você ganha.

Economize aos poucos

Corte pequenos gastos diários como cafezinhos, chocolates, lanches e revistas. Pode estar aí a salvação do orçamento, pois essas despesas “mínimas” levam o seu dinheiro embora sem que você perceba. Medidas simples como trocar o restaurante “à la carte” pelo quilo também podem fazer diferença no fim do mês.

Pesquise sempre

Antes de comprar, faça pesquisas de preços para saber onde pagar mais barato. Lembre-se de que nem sempre é preciso gastar sola de sapato, a internet e o telefone podem ajudar bastante.

Tenha um sonho

Quem tem uma meta financeira poupa com mais facilidade e mais estímulo. É você quem define esse objetivo seja ele qual for: pode ser uma pós-graduação no exterior, uma viagem de férias, uma cirurgia plástica, uma reforma no apartamento.

Poupe hoje

Esperar que venha aquele prometido aumento de salário para começar a poupar é um erro. A hora de começar é agora. Quanto antes, melhor.

Use o cartão a seu favor

Se o cartão de crédito dá milhas que vão garantir uma economia com passagens aéreas, pode ser um bom negócio. Mas é preciso pagar sempre as faturas em dia e à vista, sem cair no rotativo e nos juros salgados. Na hora de parcelar, nunca divida com juros. Outra dica é parcelar no cartão quando o dinheiro pode render mais em uma aplicação.

Como dizia Benjamim Franklin:

Tem cuidado com os custos pequenos! Uma pequena fenda afunda grandes barcos.

O Grupo Lopes é considerado a maior empresa de consultoria imobiliária do Brasil. Já foi responsável pela intermediação de mais de 900 mil unidades de imóveis, conta com aproximadamente 15 mil corretores associados e está presente em 9 estados do Brasil.

X