Loading

De onde surgiu a ideia dos grandes negócios… Parte II

Olá meninas,
Demorei mas cheguei! =D
O dia está sendo bem movimentado, por isso a demora em trazer para vcs a segunda parte da matéria De onde surgiu a ideia dos grandes negócios.
Mas aqui está, boa leiturinha queridas!

Beijinhos

ESTANTE VIRTUAL



PROBLEMA
A ideia nasceu da dificuldade de André Garcia encontrar todos os livros de que precisava para uma prova

PROBLEMA >>> O administrador André Garcia, 32 anos, preparava-se para um mestrado em psicologia social. Para passar na prova de admissão, precisou ler uma bibliografia de mais de cem livros em seis meses. Como não conseguiu encontrar todos os títulos em bibliotecas foi a um sebo, mas, ainda assim, faltaram obras. Pesquisas na internet também não solucionaram o problema. Frustrado, Garcia percebeu que se todas as lojas de livros usados estivessem conectadas, sua busca talvez estivesse resolvida em segundos. “É pouco produtivo cada empresa ter sua própria página. Pensei que todo mundo sairia ganhando se houvesse um portal que reunisse os acervos de sebos no mesmo endereço.” Resolveu estudar programação por conta própria e, em 20 de outubro de 2005, colocou no ar o Estante Virtual, que reuniu inicialmente 12 sebos. No ano passado, o site alcançou vendas de R$ 28 milhões. Este ano, com cerca de 1.700 sebos cadastrados, deve chegar a R$ 36 milhões.

RODÍZIO DE CARNES
PROBLEMA >>> No início dos anos 1960, o gaúcho Albino Ongaratto abriu uma churrascaria, a 477, à beira da BR-116, nos arredores de Jacupiranga, em São Paulo. O negócio seguia como o planejado até que na festa de Bom Jesus de Iguape de 1963, ocorrida na cidade vizinha, filas de romeiros formaram-se à porta do restaurante. Com a demanda bem acima da capacidade, os espetos começaram a ser trocados. Para acalmar a chiadeira, Ongaratto decidiu enviar os cortes de carne que saíam da churrasqueira a todas as mesas. Além de resolver o problema, acabou criando um novo modelo de negócios, o rodízio.

BUSCAPÉ
NECESSIDADE >>> Em 1998, pesquisar preços significava uma maratona de ligações, visitas em lojas e, para os mais antenados, uma reserva de paciência para abrir várias páginas na internet, tarefa que poderia significar um par de horas em conexão de linha discada. Três estudantes de engenharia de computação na Escola Politécnica da USP, Romero Rodrigues, 33 anos, Rodrigo Borges, 35 anos, e Ronaldo Takahashi, 35 anos, com Mario Letelier, 34 anos, estudante de administração, queriam empreender. A ideia era vender equipamentos e serviços ainda pouco explorados no mercado on-line. Mas a dificuldade em conseguir informações inspirou-os a investir em outro projeto: um sistema de comparação de preços. Todo o esforço no processo de compra virtual poderia ser poupado com a nova ferramenta. Reuniram-se assim em uma sala pequena, compraram três computadores pessoais e criaram o site Buscapé.

DELIVERY DE PIZZA

ASSOCIAÇÃO >>> Quando Tom Monaghan entrou na Universidade de Michigan, em 1959, queria ser arquiteto. Mas farejou uma oportunidade de negócios: os dormitórios da instituição fervilhavam de jovens famintos. Juntou-se a seu irmão James e comprou, com US$ 500, uma pequena pizzaria, a Dominick’s, depois rebatizada Domino’s Pizza. A ideia era oferecer comida em domicílio aos colegas. Para ganhar velocidade na entrega, Monaghan criou um sistema de linha de produção no qual a pizza ficava pronta em minutos. As caixas foram desenhadas para ser empilhadas. A rede faturou US$ 1,4 bilhão em 2009.

ALUGUEL DE CARROS
DEMANDA >>> Ao ser lançado em 1908, o Ford T causou uma revolução na indústria automobilística. Barato, simples de dirigir e fácil de ser consertado, o modelo conquistou a América. Em 1916, o Ford T respondia por quase metade dos carros nos Estados Unidos. Apesar de acessível, um automóvel ainda significava status. Em Nebraska, naquele ano, a visita de um amigo mudaria a vida do comerciante Joe Saunders para sempre. Para impressionar uma garota, o visitante lhe propôs pagar para usar seu veículo por um dia. Saunders percebeu que havia uma demanda por aluguel de carros e criou uma rede que chegou a ter lojas em 21 estados. A empresa, no entanto, fecharia as portas com a Grande Depressão. O empreendedor voltaria ao negócio em 1947, como um dos fundadores da National Car Rental.

HOTMAIL
NECESSIDADE >>> Jack Smith e Sabeer Bhatia eram funcionários de uma empresa do Vale do Silício e não conseguiam trocar e-mails no trabalho sobre projetos pessoais, devido a um firewall que bloqueava o acesso a suas contas particulares. Então tiveram a ideia de usar o browser. Por essa ferramenta, seria possível acessar qualquer conta de qualquer lugar. Criaram em 1996 o primeiro serviço de webmail, o Hotmail, pioneiro também em oferecer e-mail gratuito. Um ano mais tarde, venderam a marca para a Microsoft por US$ 400 milhões.

DERMAGE


EXPERIÊNCIA
Lisabeth Braun reparou que a maioria das receitas médicas era parecida. Por que não criar os produtos em escala industrial?

EXPERIÊNCIA >>> Farmacêutica bioquímica de formação, Lisabeth Braun, 52 anos, percebeu que muitas das fórmulas encaminhadas pelos dermatologistas para serem aviadas em sua farmácia de manipulação, no Rio de Janeiro, eram bem parecidas. Se os médicos usavam sempre os mesmos ativos, reproduzir as composições em escala industrial poderia ser uma boa estratégia. Para ter certeza de que a ideia era viável, Lisabeth viajou para a Europa a fim de conhecer melhor o mercado. De volta, pediu empréstimo bancário, juntou as economias, procurou profissionais especializados e montou, em 1993, a primeira fábrica de dermocosméticos do país. Hoje, são 90 produtos em linha, 100 mil unidades fabricadas por mês, distribuídos em 35 lojas próprias e 80 pontos de venda. O faturamento estimado para 2010 é de R$ 43 milhões – apenas 20% desse valor origina-se da manipulação. “Sou muito atenta ao que acontece ao meu redor e talvez esteja aí o segredo de enxergar tantas oportunidades e ter tantas ideias”, afirma.

AMAZON
DEMANDA >>> Acostumado a extensas análises de mercado, o consultor financeiro Jeff Bezos logo percebeu a mina de ouro digital que teria em mãos quando se debruçou sobre estudos de hábitos de compras dos americanos pelo correio. O grande problema do sistema eram os catálogos. Tinham limitações de tamanho e isso reduzia o público, porque restringia os interesses. Mas na internet, enxergou, não haveria limite para as ofertas. Além disso, as consultas poderiam ser feitas 24 horas, em qualquer dia da semana. A Amazon estreou em julho de 1995 com uma relação de títulos quatro vezes maior que qualquer listagem física poderia alcançar. O projeto previa um período de cinco anos sem lucro até a empresa atingir o equilíbrio operacional. De fato, apenas em 2001 a Amazon passou a operar no azul. Em 2009, o faturamento foi de US$ 24,5 bilhões.

FITA ELÉTRICA

PROBLEMA
Para instalar uma arandela, John Davies tinha de quebrar a parede. Não queria. Criou então um adesivo com condutor

PROBLEMA >>> Quebrar ou não a parede foi o dilema que levou o administrador John Davies, 52 anos, a abrir sua própria empresa. Em 2002, logo após mudar-se com a família para uma casa em Valinhos, no interior de São Paulo, precisou instalar uma arandela. Como a pintura era nova, ele relutou em embutir os fios. Mas também não queria deixar a instalação aparente. “Concluí que, se eu tivesse um condutor achatado, poderia pintar por cima e esconder tudo”, diz. Davies achou na garagem uma folha de cobre usada em artesanato, cortou algumas tiras e aplicou um adesivo. Criou assim o protótipo da eletrofita. Passou a pesquisar materiais e normas técnicas. Depois de sete anos de desenvolvimento, lançou no mercado seu produto. Em 2009, a Eletrofita faturou cerca de R$ 1,2 milhão.

SPOLETO

VIAGEM >>> Eduardo Ourivio, 43 anos, e Mário Chady, 44 anos, eram proprietários da rede de cafés Guilhermina e procuravam uma fórmula ao mesmo tempo criativa e simples para abrir um sistema de franquias. Em 1995, Ourivio, que havia trabalhado como chef de cozinha antes de se tornar empresário, viajou a Miami. Lá conheceu um pasta-bar, gerenciado por um colega. Resumia-se a um fogareiro, três tipos de massas e dois tipos de molho. O cliente escolhia os ingredientes e os pratos eram feitos na hora. De imediato, Ourivio ligou para Chady e, na conversa, começaram a desenvolver o conceito de cozinha show. Fundaram o Spoleto em 1999. Atualmente, a rede reúne 260 lojas, obteve um faturamento de R$ 290 milhões em 2009 e estima um crescimento de 12% neste ano.

PROTEÇÃO DE VASO SANITÁRIO
ASSOCIAÇÃO >>> Dono de uma bem-sucedida empresa de suprimentos para máquinas de fax, Jerry Wagenhein foi visitar uma feira comercial na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, em 1990. Ao ver um revestimento higiênico para vasos sanitários, teve um insight: criar um sistema automático para troca daquele tipo de proteção. Conversou com seu sócio, Charles Stone, e juntos lançaram o Sani Seat, um assento com uma capa de plástico estéril que é substituída por um conjunto motorizado, sem uso das mãos. A solução, presente em 5 mil banheiros dos EUA, ganhou o mundo.

CASA DO CONSTRUTOR
NECESSIDADE >>> Quando estavam à frente de pequenas construtoras em Rio Claro, no interior de São Paulo, os engenheiros Expedito Arena, 55 anos, e Altino Christofoletti, 50 anos, encontravam dificuldades para locar equipamentos, entre eles, betoneiras. “Fomos obrigados a comprar tudo e gastar muito dinheiro”, afirma Arena. Com as máquinas paradas, o caminho para recuperar o investimento foi oferecer a locação. “Para chamar a atenção de empreiteiros e pedreiros, anunciamos em um programa popular de rádio. O retorno foi surpreendente”, diz Arena. “Investimos US$ 8 mil na compra de mais betoneiras, andaimes e ferramentas elétricas, muitos deles importados.” Em 1996, os sócios começaram a formatar a franquia. A Casa do Construtor é a única rede do setor, com 70 lojas e um faturamento previsto para 2010 de R$ 45 milhões.

PURIFICADORES EUROPA

EXPERIÊNCIA Dono de uma empresa de filtros de água, Antônio Carlos Camargo percebeu qual era o momento certo para mudar o modelo de negócios

EXPERIÊNCIA >>> Vender filtros era um negócio promissor para o engenheiro Antônio Carlos Camargo nos anos 1980. Os produtos de sua empresa, velas de cerâmica e modelos de instalar em torneira, eram baratos e eficientes se comparados às talhas de barro. O microempresário apostava seu sucesso no custo-benefício. Em 1982, no entanto, tudo mudou. Durante uma apresentação comercial, ouviu o cliente dizer: “O preço é baixo para ter água potável à vontade”. Naquele instante, Camargo, 58 anos, se deu conta de que os consumidores compravam mesmo era saúde. E vislumbrou um mercado para uma água ainda mais pura, mesmo que isso significasse um equipamento de valor elevado. Gastou um ano e meio em pesquisas para criar um aparelho, batizado de purificador, que não apenas filtrava partículas, mas removia cloro e metais pesados, além de descontaminar a água. Em 1984, juntou-se ao administrador Dácio Múcio de Souza para fundar a Brasfilter, dona da marca Europa, que hoje vende 5 milhões de purificadores por ano.

EBAY
ASSOCIAÇÃO >>> Muitas empresas começam com um hobby. O maior shopping eletrônico e site de leilões do mundo é um desses casos. Duas vezes. Em 1995, o consultor de tecnologia Pierre Omydiar ouviu sua noiva, Pamela, dizer que sua coleção de porta-balas Pez poderia melhorar muito se ela conseguisse uma maneira de contatar outros aficionados. O comentário o inspirou a bolar um sistema no qual as pessoas pudessem vender e comprar itens pessoais pela internet. Na mente do especialista, o ambiente virtual seria um hobby que ocuparia suas horas vagas. Naquele ano, lançou o portal Auction Web, por meio do qual os usuários podiam leiloar seus pertences. A ideia se mostrou lucrativa e logo se tornou uma empresa. Após 15 anos, o lazer de Omydiar se transformou no eBay, uma marca de US$ 8,7 bilhões de faturamento anual.

SKYPE
PROBLEMA >>> O programa de comunicação por voz e vídeo mais famoso da internet surgiu como uma maneira de seus criadores evitarem polêmicas. Desenvolvedores da ferramenta de partilhamento de arquivos Kazaa, o sueco Niklas Zennström e o dinamarquês Janus Friis enfrentaram acusações de quebra de direitos autorais desde o lançamento do software em 2001 até sua venda para a empresa Sharman Networks dois anos mais tarde. A dupla decidiu então desenvolver um produto em que as trocas não envolvessem conteúdos protegidos. Em 2003, concluíram que o negócio era dar voz aos usuários. Criaram assim o Skype, uma plataforma que permite usar a internet para fazer ligações telefônicas sem pagar nada e que faturou US$ 650 milhões em 2009.

COCA-COLA
ASSOCIAÇÃO >>> Baseado no sucesso de um tônico alcoólico à base de folhas de coca, conhecido como Vin Mariani, o farmacêutico John Pemberton lançou em 1884, em Atlanta, um produto similar. Dois anos mais tarde, uma legislação proibiu o consumo de álcool na cidade e fez o empreendedor começar a pensar em um novo tipo de bebida. Ao ver o movimento de uma lanchonete onde se vendia soda misturada a vários tipos de xaropes, ele teve a ideia de criar uma versão gaseificada, mais doce e não alcoólica de seu antigo produto. Passou meses testando combinações até inventar, finalmente, a lendária fórmula secreta da Coca-Cola. A marca, estimada em US$ 67,8 bilhões pela BrandZ, é a quinta mais valiosa do mundo.

FLORES PELA INTERNET

ASSOCIAÇÃO >>> Ao acompanhar a mãe ao cabeleireiro, em 1994, Carlos Eduardo Coelho Ferreira, 43 anos, viu uma estrangeira receber no salão um buquê enviado pelo filho do outro lado do mundo. Curioso, descobriu uma rede internacional de floriculturas que se conectava por telégrafo. Imaginou então que poderia reproduzir o negócio por meio de uma central telefônica. Estava prestes a inaugurar um serviço de televendas quando um amigo o convidou para conhecer um dos primeiros provedores do país. Ali estava o futuro de seu negócio. Investiu cerca de US$ 10 mil para montar o site. A rede hoje alcança 70 países e reúne mais de 6 mil floriculturas.

VENDA DE EXPERIÊNCIAS
VIAGEM >>> Quando morava na Austrália, no início dos anos 2000, Jorge Nahas ganhou um presente diferente: poderia selecionar uma experiência entre mais de uma dezena de opções. Sua escolha foi um batismo de mergulho na maior barreira de corais do mundo. “Achei o máximo”, diz Nahas, hoje com 30 anos. A ideia, difundida na Europa e na Austrália, serviu de inspiração para ele abrir, em 2005, em São Paulo, a empresa O Melhor da Vida, especializada em experiências como presente. “Fomos pioneiros no país”, afirma. No início eram cerca de 300 opções, hoje são 2.650, de jantar romântico a voo de balão, oferecidas em parceria com 895 fornecedores. A empresa, que espera faturar R$ 6,5 milhões em 2010, vende uma média de 200 mil caixas color box por ano.

VENDING MACHINE
PROBLEMA >>> O reformista, escritor e jornalista inglês Richard Carlile foi preso em 1819 por denunciar o episódio conhecido hoje como massacre de Peterloo, ocorrido meses antes. Durante o cárcere, Carlile imaginou uma maneira de continuar a distribuir obras consideradas subversivas sem que o governo pudesse culpá-lo. Após ser libertado, construiu a primeira máquina para venda de livros em 1822. Eram apenas seis volumes disponíveis por vez. Para conseguir um exemplar, bastava o interessado girar uma espécie de dial, escolher o título, colocar uma moeda e pegar a publicação.

2 comments

  1. Oii Sheila!!!
    Muito obrigada pelo seu comentário!!!
    Eu adoro empreendedorismo, simplesmente me fascina!!
    Visitei tua lojinha muito linda! Ela é tua principal fonte de renda ou a princípio está sendo um extra?

    Vou dar uma olhadinha com calma no link que me passastes!!!

    Um grande beijo e muito sucesso para vc!

Comments are closed.