Loading

Diminua sua dependência do cartão de crédito em 5 meses. Parte I

Diminua sua dependência do cartão de crédito em 5 meses.

Parte I

Olá meninas,

Que tal chegar ao mês de Maio do ano que vem com a fatura do cartão de créditos praticamente zerada?

Digo praticamente, porque sou super a favor do uso de cartão de créditos, desde que seja feito de forma inteligente e consciente.

As dicas de hoje são para vocês começarem a diminuir a dependência que acabamos criando ao nos relacionarmos com esse bichinho.

Aprenda como, aos poucos, ir se desapegando do seu cartão de crédito. Vamos exercitar mais o hábito de pagar a vista.

O desapego é difícil, por isso o processo deve ser aos poucos 🙂 Não vale entrar em depressão por isso não hein, vai dar tudo certo, eu prometo! Tudo acontecerá de uma forma divertida e tranquila, siga as regras abaixo e liberte-se dessa dependência em 5 meses!

Diminua sua dependência do cartão de crédito

1 – Diminua o valor da sua fatura, gradativamente – 1º mês! ~ Janeiro ~
A regra do primeiro mês é economizar 20% dos seus gastos no cartão!
Exemplo:
O cálculo é o seguinte:
O valor da sua última fatura do cartão de crédito foi de R$ 950.
Seu objetivo será diminuir 20% desse valor para o mês seguinte.
Você precisa fechar o próximo período com uma fatura no valor de R$ 760.

O primeiro mês é o que exige mais esforço, porque terá que diminuir seu consumo total em 20%. Porém nos meses seguintes você retomará o equilíbrio.

2 – Pague a vista – 2º mês! ~ Fevereiro ~
Quando sua fatura de R$ 760 chegar, comemore, o primeiro passo foi dado e a primeira conquista alcançada. Agora você tem um saldo de R$ 190 (20% de R$ 950) para que possas usar de forma mais inteligente.

Com a economia de 20%, que no nosso exemplo foi no valor de R$ 190, você compensará o uso do seu cartão.
De que forma?
Com essa diferença compre o que você compraria com o seu cartão de crédito, só que pague a vista.
Com dinheiro na mão você consegue comprar mais do que comprou com o cartão, porque pode negociar descontos.

No 2º mês você tem um saldo de R$ 608 no cartão e R$ 190 em dinheiro para suas compras.

Aqui você deve estar se perguntando, de onde saíram esses valores?
Vou mostrar como cheguei neles para que você acompanhe nos próximos passos:
No mês anterior você apertou daqui apertou dali e conseguiu diminuir o consumo em 20% da sua fatura e ela fechou em R$ 760.
Com isso você conseguiu um respiro no valor de R$ 190 (950 – 760) e como para o próximo mês você precisa diminuir em mais 20% sua fatura (760 – 20% = 152) você terá um crédito de R$ 608 (760 – 152).

Ficou claro pra você?

Essa regra servirá para todos os passos desse processo. Então…

  • Seu objetivo para o próximo período é diminuir mais 20% de R$ 760 e sua fatura ser de R$ 608.

Diminua sua dependência do cartão de crédito

3 – Priorize os gastos – 3º mês! ~ Março ~
Nessa etapa é importante priorizar seus gastos. Você não vai deixar de usar seu cartão, ele é um bom amiguinho, mas precisa entender o que vai comprar com ele.

A ideia é utilizar o cartão para bens de consumo duráveis*, um pouco de semiduráveis**, mas JAMAIS bens de consumo não duráveis***. Ninguém merece pagar em janeiro o bolo de chocolate que você comeu em dezembro, só porque passou no seu cartão de crédito!

Bens não duráveis devem ser pagos com dinheiro, assim que acaba seu consumo não ficamos com essa pendência para um mês adiante.
*BENS DURÁVEIS –> são aqueles que podem ser utilizados várias vezes durante longos períodos (um automóvel, uma máquina de lavar roupas, etc.).
**BENS SEMIDURÁVEIS –> podem ser considerados os calçados, roupas, que vão se desgastando aos poucos.
***BENS NÃO DURÁVEIS –> aqueles feitos para serem consumidos imediatamente (sorvetes, chocolate, etc.).

No 3º mês você tem um saldo de R$ 486,40 no cartão e R$ 342,60 em dinheiro para suas compras.

  • Seu objetivo para o próximo período é diminuir mais 20% de R$ 608 e sua fatura ser de R$ 486,40.

Amanhã publicarei a segunda parte desse post com os 2 últimos passos para você se livrar de vez dessa dependência!

Não percam. Encontro vocês aqui!

Beijinhos

Leia aqui a segunda parte do post!

Referência: http://www.infoescola.com

X