Loading

Eliminando as dívidas!

Olá meninas,
Como o tempo tem passado rápido neh?! Já chegamos na metade de 2012…
Para algumas coisas é bom o tempo passar rapidinho mesmo… pois só ele resolve algumas questões nas nossas vidas, assim chegamos mais perto da realização de alguns sonhos, porém, tudo acontecendo tão rápido nos prejudica porque muita coisa acaba passando desapercebida nas nossas vidas… temos que ser cada dia mais focadas e organizadas para darmos conta de todas as responsabilidades…
Para refletir:
O que tu fizestes durante esses 6 meses de 2012?
Já tens alguma história pra contar?
Quais as tuas conquistas nesse primeiro semestre?
Espero de verdade que tu tenhas tido respostas positivas para essas perguntas, que teu ano de 2012 esteja sendo vivido intensamente.
Meu ano começou bem agitado, muitas mudanças e pendências.
Posso considerar 2012 como o ano do recomeço, do meu recomeço…
Recomecei financeiramente, emocionalmente… muitos momentos importantes!
Saí do meu casamento, em agosto de 2011 com um carro financiado (isso é um assunto que quero abordar em um outra ocasião, financiamento de automóveis) e um empréstimo, tudo no meu nome, nenhuma economia e só com as minhas roupas… quanta burrada para uma mulher só não é mesmo? O carro me consumia R$ 537,00 de parcelas, mais uns R$ 200,00 de gasolina e alguns outros trocados com manutenção e o empréstimo R$ 427,19 mensais…
Não podemos deixar a situação ficar crítica, porque no desespero acabamos concordando com absurdos, esse empréstimo foi feito há exatamente um ano e 2 meses, quando meu marido (na época) e eu chegamos num ponto muito crítico com as finanças, eu não aguentava mais tantas pendências e falta de dinheiro… procurei no desespero uma solução para poder pagar algumas contas, lá fui eu atrás de empréstimo, chegando no banco, qualquer coisa que eles me oferecessem eu aceitaria, pq precisava sair de lá com dinheiro de qualquer jeito…
E foi o que aconteceu, consegui um empréstimo de R$ 6.500,00.
Vejam onde eu fui me meter:
Parcelei esse valor em 40 vezes com juros de 5,59 % am… LOUCURA demais!!!! Ao pagar todas essas parcelas, depois de um pouco mais de 3 anos, eu teria pago o total de R$ 17.087,60!!!!!
 
Eu sei, eu sei… podem me chamar de louca varrida… Pirei o cabeção!
 
 
O carro foi outra grande loucura, financimento longo, com pouca entrada… sei que para eu quitá-lo em março desse ano, teria que pagar R$ 17.000,00…
Eu realmente saí endividada da relação.
Até hoje fico me perguntando como eu fui deixar nossa situação chegar onde chegou, eu realmente perdi todo o controle.
Acabei com todas as minhas economias, não tinha nenhuma reserva para recomeçar, então com o término dessa relação, me vi começando do negativo… não tive condições de procurar um lugar para morar, não tinha dinheiro suficiente para investir em mim, aumentar a auto-estima, etc…
Fui para a casa do meu pai, e a partir daí fui correndo atrás do meu maior objetivo naquele momento, liquidar minhas dívidas, esse para mim era o primeiro passo, só assim conseguiria seguir em frente… Foram 7 meses até que eu finalmente me vi livre dessas pendências… Em março desse ano, liquidei todas as minhas dívidas e a minha felicidade foi imensa.
O que eu fiz?
Para eu liquidar o empréstimo com o banco, precisava de R$ 6.391,00, eu tinha juntado 2.391,00 e consegui R$ 4.000,00 emprestado com um amigo, que eu pagaria em 10 parcelas de R$ 400,00, só que nesse meio tempo, ele decidiu que ficaria com o meu carro tb… eu já tinha pago pra ele R$ 1.400,00 os outros R$ 2.600,00 ficou como se fosse a entrada do carro, transferi a dívida do financiamento pra ele eu me vi livre de todas as minhas dívidas!!!
Não tem como descrever para vcs o quanto me senti livre e feliz!!!! Sensação de liberdade total!!!
O que eu tenho para falar para vocês em relação a minha experiência é que nunca façam empréstimo, NUNCA… se por acaso essa seja a única saída… tente com amigos, parentes ou conhecidos, para poder negociar juros mais baixos… se realmente a última opção for bancos ou seguradoras, pesquise muito bem antes de assinar o contrato, negocie ao máximo as taxas de juros e evite períodos muito longos para o parcelamento
Nunca mais faço empréstimo na minha vida!!! Lição aprendida!
Beijinhos e até a próxima!
X