Loading

Entenda sua dívida

Olá queridas seguidoras e aprendizes do Mulher Rica! 🙂

Nesse mês eu e a Maiara estamos tratando de um assunto muito importante: “Como acabar com as dívidas”.

Falamos sobre dívidas pessoais, dívidas no seu pequeno negócio e dívidas no seu relacionamento. Para deixar você sabendo tudo sobre dívidas e como quitá-las, hoje vou abordar o tema de uma forma quase nunca falada, mas super importante:

Conheça as suas dívidas para que você possa criar as estratégias financeiras adequadas.

Você sabe que tipo de dívida que você tem? Você entende a diferença entre a sua dívida de cartão de crédito e seu empréstimo de carro? Entender que nem todas as dívidas são as mesmas e saber as diferenças entre elas é fundamental para gerir o seu dinheiro com sucesso. Com uma melhor compreensão dos tipos de dívida que você tem, você pode paga-las estrategicamente e usar o crédito com mais sucesso.

Muitas vezes as pessoas acabam em problemas com dívidas, se elas não entendem completamente no que elas estão entrando – estatisticamente, isso acontece muito em dias de adiantamentos e com a facilidade de empréstimos de dinheiro rápido.

  • Dívidas com garantias versus Dívidas comuns

O primeiro fator que se deve identificar com cada uma de suas dívidas é determinar se elas tem ou não garantia. Seu financiamento do carro e da casa são ambos dívidas com garantias, porque se você não pagar o seu credor, eles têm o direito de levar o seu carro ou penhorar sua casa para satisfazer a dívida. Em uma dívida garantida, você sempre oferece algo que você corre o risco de perder se você não se manter atualizada com seus pagamentos.

Dívidas comuns, como a de cartão de crédito, de conta de utilidades – luz, telefone, internet – não têm qualquer garantia. Se você não pagar, os credores podem ameaçar, penalizar até mesmo em ação judicial, mas não podem “pegar” o seu carro, por exemplo, para satisfazer o que você deve – pelo menos não sem processar você em primeiro lugar. A maioria das dívidas de cartão de crédito são dessas comuns, razão pela qual os credores enviam contas inadimplentes para agências de cobrança para tentar obter o seu dinheiro se você não está mantendo-se em dia com os seus compromissos.

Normalmente créditos dos tipos comuns terão taxas de juros mais altas do que as dívidas garantidas, porque os credores não têm a garantia de algum bem, se você não pagar.

  • Dívidas rotativas versus Débitos parcelados

A próxima diferença entre dívidas envolve a forma como você paga a cada mês. Com uma dívida parcelada, você paga um valor definido a cada mês. Este é o caso com o seu carro e financiamento de imóveis – quando acordadas em parcelas fixas e não atualizáveis. Débitos parcelados oferecem  vantagem, porque você sabe exatamente quanto você precisa pagar a cada mês – não há surpresas quando a sua fatura vem com a quantidade que você tem que pagar.

A dívida rotativa é uma dívida que não tem um pagamento fixo mensal. Dívidas de cartão de crédito são rotativas, porque o pagamento é baseado em um valor percentual do seu saldo total para esse mês.

Essas dívidas podem potencialmente causar mais problemas com suas finanças mensais, porque o valor que você paga pode mudar baseado em quanto você deve. Ter um mês de muitos gastos podem subir muito suas despesas causando problemas com suas finanças.

  • Conheça a origem de suas dívidas

Fora destas duas distinções em dívidas, existem alguns outros elementos que entram em jogo quando você está tentando entender as suas dívidas. A fonte da dívida é um fator importante, pois ajuda a entender quem está “segurando” a sua dívida. Uma fonte da dívida é o credor ou a empresa de empréstimo.

Saber as fontes de dívida são fatores importantes na determinação de como pagar as dívidas, porque algumas fontes de dívida caracteristicamente têm taxas de juros mais altas do que outras.Um banco ou um grande credor de crédito geralmente têm taxas de juros mais baixas do que uma loja ou rede de varejo, como um cartão de crédito ou cartão de loja de departamento.

Identificar a origem da dívida pode ajudá-la a determinar quais dívidas pagar em primeiro lugar.

Diante de tanto conteúdo legal, agora é só se planejar e tentar de vez acabar com essas dívidas de tirar o sono! Nós do Mulher Rica estamos torcendo por você!

quitando divida

Um beijo,

 

X