Loading

Morando sozinha – Dicas para dominar seu orçamento

Morando sozinha – Dicas para dominar seu orçamento

Bom dia garotas, como vocês estão?

Espero que estejam vivendo um ótimo começo de ano!

Hoje o assunto no blog é morar sozinha.

Desde muito cedo sempre tive o desejo de morar sozinha, comentava que não definiria minha vida (casar, comprar casa e definir o futuro) antes de ter a experiência de morar sozinha. Era realmente um desejo. Sempre sonhei com a independência, em todos os sentidos. Acredito que por ser filha única (um tanto mimada e protegida pela mamãe) eu sentia o desejo de provar pra mim mesma que eu era capaz de me virar só.

Nem tudo saiu como sonhei… para quem acompanha o blog sabe que já fui casada (casei bem cedinho) e os planos de morar sozinha foram bem atrapalhados no meio do caminho. Hoje, com 27 anos, posso dizer que consegui realizar esse desejo. Confesso que não foi do jeito que imaginei, mas se considerar que a vontade era morar sozinha, pronto conquistei! rsrsrs

morando sozinha orçamento

Desde agosto do ano passado eu estou sendo resposável pela minha moradia, pagando minhas contas e cuidando da kitnet! \o/

A sensação de ser a única responsável pelas suas coisas desperta alguns sentimentos. É maravilhoso saber que conquistei minha independência, que vivo com o que posso bancar, que pago minhas contas e não dependo de ninguém para isso e essa é a melhor e pior parte disso tudo, você só depende de você mesma! Você fica no controle total da sua vida! Uhuu

Vivendo essa experiência, separei umas dicas para você cuidar bem das suas finanças e fazer dessa experiência a melhor possível:

– Direcione para o aluguel no máximo 1/3 do seu salário líquido: A ideia de morar sozinha pode te deixar super empolgada e motivada, mas quando começar a organizar as coisas seja realista, além do aluguel você terá que mobiliar sua nova casa e arcar com todos os gastos que virão, por isso não comprometa mais que 1/3 do seu salário líquido com o aluguel e condomínio. Para quem vai comprar seu ap/sua casa, essa dica se encaixa no valor da parcela.

– A prioridade agora são os custos fixos: A partir de agora você é responsável por todas as contas da sua casa. As fixas são aquelas que se repetem mensalmente impreterivelmente, então organize bem as datas de vencimento e quando teu salário/pró-labore entrar, priorize o pagamento dessas contas.

Antes de pirar com aquele vestido lindo no shopping, aquela bolsa lindíssima que tua colega de trabalho está vendendo, foque nas contas da tua casa. Agora, mais do que nunca sua sobrevivência depende de você e de sua responsabilidade, principalmente a reputação do teu nome. Hora de amadurecer mocinha!

Morando sozinha orçamento

– Controle na alimentação: Agora que você é dona do seu próprio nariz precisa definir como vai ser a sua alimentação, tanto pelo bem da tua saúde como do teu bolso! 😀

Seguindo as regras básicas de uma alimentação saudável ajudará também no controle de suas finanças.
* Comer de 3 em 3h ajuda a equilibrar sua alimentação e a evitar o exagero na hora de se alimentar e de pagar pelos seus lanches.
* Optar por frutas é mais econômico do que alimentos industrializados.
* Prefira refeições em casa, que você mesma prepare.
* Compre frutas e verduras na feira.
Veja mais dicas de como economizar com alimentação.

– Faça compras semanalmente e leve sempre sua listinha. Para criar uma listinha eficiente, eu tenho um quadro branco em casa onde vou anotando. Toda vez que identifico algo que deve ser comprado na próxima ida ao mercado imediatamente coloco na listinha. Tiro foto do quadro pelo celular e levo minha listinha super atualizada e contendo minhas reais necessidades para evitar custos extras.

– Dê preferência para serviços que facilitem a sua vida: Se você precisa da internet para trabalhar e desenvolver algum trabalho através dela, vale a pena contratar logo esse serviço para atender suas necessidades. Mas se for apenas por luxo, faça seu orçamento direitinho, colocando tudo no papel e veja se é possível se dar alguns luxos logo no começo. Dê preferência a serviços como netflix que te oferece diversas opções de filmes e seriados por um preço camarada ao invés de já fechar um plano de TV a cabo. Antes de contratar todos esses serviços faça suas pesquisas, leia os contratos direitinho para não ter (muita) dor de cabeça depois.

– Esteja preparada para os imprevistos: Cuidar de uma casa sozinha pode assustar, mas se planejando direitinho vai ser uma delícia, uma boa aventura e uma ótima experiência. Os imprevistos são os maiores inimigos dos nossos orçamentos, principalmente em casa, por isso esteja preparada pra eles. Como você só comprometeu 1/3 do seu salário com o custo do aluguel e condomínio/parcela do ap ou casa, o restante você organiza para os custos variáveis (que ocorrem todos os meses mas o valor varia) a manutenção da casa e para criar sua reserva para emergências. Com o tempo você terá um valor mais real para guardar por mês, com base nos seus custos com os imprevistos dos últimos 3 meses, assim você tira uma média e cobre com uma reservinha mensal. Comece poupando 5%.

– Mantenha uma boa relação com os vizinhos e funcionários do prédio: Você vai morar sozinha e cuidar do seu próprio lar, mas nem sempre podemos fazer tudo sozinhas e muitas vezes precisaremos de ajuda, nada melhor do que poder contar com um vizinho prestativo ou um zelador gentil. Cultive bons relacionamentos sempre, assim quando você precisar sabe que podes contar com as pessoas que estão por perto.

Tenho que admitir que é uma ótima experiência e acredito que toda mulher deveria tê-la antes de decidir casar. Amadurecemos muito.

Com essas dicas básicas baseadas nas minhas experiências espero que vocês possam entrar nessa aventura muito mais preparadas e seguras.

Espero que tenham gostado!
Um beijinho

X