Loading

Mulheres já são quase 25% dos investidores pessoa física na bolsa

De pouquinho em pouquinho as mulheres vão conquistar a Bolsa de Valores. Elas já representam quase 25% do universo de investidores pessoa física, segundo os últimos dados da BM&FBovespa, de abril deste ano. Este número já é quase dez vezes maior que o registrado em 2002, quando elas eram 15.030 e representavam 17,63% de todos os investidores varejo.
Entre os fatores que incentivaram as mulheres a buscarem a renda variável como opção de investimento, estão a educação financeira, o acesso à informação e a preocupação com o futuro da família, segundo especialistas em matéria para o Portal UOL.
Sem dúvida o conhecimento faz toda a diferença. “As mulheres investem mais quando se sentem seguras. Se sentem que sabem o que estão fazendo, estão até mais propensas a correr riscos”, afirma Tahira Hira, professora de finanças e assistente da presidência da Universidade de Iowa, em artigo publicado na revista Des Moines Woman.
Segundo a BM&FBovespa, as mulheres com idade entre 26 e 35 anos são as que mais participam da Bolsa de Valores, somando 23,87% do total de contas femininas. Já as mulheres com mais de 66 anos são as responsáveis pelo maior volume aplicado, apesar de representarem apenas 12,68% do total de mulheres.
A tabela abaixo mostra o número de mulheres na Bolsa, por faixa etária e os respectivos valores aplicados:
 
Fonte: Equipe Espaço Dela
X