Loading

Quando você não tem foco, gastar fica mais fácil!

Olá amadas,
Hoje indo para o meu trabalho comecei a pensar em como me comportei nos últimos dois meses com as minhas finanças, e me veio a inspiração para este post.
Nos últimos meses do ano passado eu dei um basta nas minhas confusões financeiras e resolvi que era hora de me organizar novamente, até que lancei aquele desafio com vocês lá no facebook para retomar a poupança, e funcionou muito, economizei R$ 6.000,00 em 5 meses, cortei muitos gastos e me foquei na economia. O ano de 2013 começou muito bem para mim no assunto dinheiro, mas depois que coloquei o silicone me vi sem um objetivo palpável para  me dedicar. 
Todas vocês sabem que meu maior objetivo financeiro é me tornar financeiramente independente, porém, isso é muito abrangente, é um grande objetivo que deve ser quebrado em vários menores para nos motivar diariamente, e isso ainda não aconteceu realmente, o que faz com que qualquer outro objetivo mais atraente num prazo mais curto tome a frente nas minhas prioridades.
Então, a partir de fevereiro, eu estava com meu orçamento em dia querendo recuperar a poupança que eu tinha zerado, porém não me foquei muito. Eu tinha o dinheiro disponível e nenhum plano em ação. O que aconteceu?! Gastei mais do que necessário em coisas que não sei nem definir. Se eu colocar no papel todos os gastos, minha poupança poderia estar bem gordinha! Com isso eu chego ao ponto principal desse post!

Quando você não tem um compromisso com as suas finanças, gastar fica mais fácil!



Porque somos bombardeadas diariamente por propagandas, promoções e vitrines mega interessantes, você se depara com tudo isso e a sua posição atual é: por que vou colocar o dinheiro na poupança, que não vai mudar minha vida agora (esquecemos que essa atitude mudará e muito nossa vida no futuro) se eu posso comprar esse vestido lindo que vai me deixar mais elegante e feliz AGORA? 
Numa dúvida como essa é claro que a resposta que nosso cérebro vai dar é: COMPRAAAA LOGO ESSE VESTIDO IRRESISTÍVEL! DANE-SE A POUPANÇA!
Isso é o comportamento padrão, não estamos erradas em ceder para o consumo, porque estamos programadas para nos dar prazer imediato.
Eu fiz isso nesses últimos dois meses, comprei roupas, entrei na academia e com isso tive que comprar roupas para malhar, comprei sapatos… E para todas as situações meu sentimento era de prazer momentâneo e é claro que sentia que precisava de tudo isso como se fosse fundamental para eu respirar. Esse é o sentimento padrão para quem está com o orçamento descontrolado. Comprar porque isso é a única coisa na vida que vai lhe deixar feliz! “Doce” ilusão!
Isso tudo aconteceu porque eu me perdi nos objetivos e atendi minhas emoções que estavam embaralhadas.
Você precisa descobrir o prazer em guardar dinheiro e programar suas emoções para isso!

Toda vez que eu conto aqui para vocês que cuidar das finanças é viciante é porque eu determinei pequenos objetivos e me foquei, enquanto você vê suas economias aumentando e você começa a procurar alternativas para guardar mais ainda, torna-se um parque de diversões. O segredo é você definir objetivos!
Você não vai conseguir ter prazer em economizar e abrir mão de comprar os sapatos lindos que você viu ontem no shopping se não encontrar uma maneira de se divertir e ter prazer em guardar dinheiro.
O que você acha de propôr um pequeno desafio na sua vida financeira? Se não sobra nem R$ 10,00 no no seu orçamento mensal, que tal se determinar a conseguir juntar R$ 500,00 até Julho? 
E aí começa a diversão, vale tudo para alcançar o objetivo, desde economizar no cafezinho, como vender algumas coisas que você não usa mais (roupas para brechós, livros e CDs para sebos) como fazer uns freelas e uns trabalhinhos extras.
Comece com esses objetivos e vá aumentando até você perceber que já tem uma boa reserva financeira. 
Você pode conquistar todos os teus objetivos financeiros, você só precisa aprender a se divertir com isso.
O sentimento de superação é uma delícia, experimente!
VOCÊ É CAPAZ!

Super beijo gatinhas!
X