Loading

Tudo que você precisa saber sobre Reserva de Emergência

Uma prática de extrema importância para sua saúde financeira é manter uma reserva de emergência.

Mas nem todo mundo entende o que isso significa, portanto, no post de hoje quero explicar detalhadamente como funciona e qual a importância dessa reserva.

Imprevistos, Oh my God!

Um grande fator que influencia negativamente nossas finanças, são os imprevistos, que como sabemos, chegam sem avisar. Para as desprevinidas, os imprevistos podem causar um grande estrago. Eles podem ser, qualquer situação que te obrigue a dispôr de uma quantia em dinheiro que não estava contando ou sua fonte de receita secar, e pior, tudo isso junto :O, por exemplo:

– Perder emprego;
– Tratamento médico;
– Algum tipo de acidente pessoal ou com algum bem de valor;
– Entre outros.

Quando algo desse tipo acontece, muitas vezes desencadeia uma sequência de desastres economicos, fazendo com que muitas mulheres entrem numa situação financeira crítica.

Então, o que fazer?

Já que ninguém está imune aos imprevistos, um santo remédio para evitar uma crise dessas é criar e manter a querida reserva de emergência.

reserva de emergência

O que é reserva de emergência (RE)?

É um montante de dinheiro que você vai juntar e separar para dar suporte pra você e sua família num momento de aperto.

Você só vai mexer nesse dinheiro quando um (verdadeiro) imprevisto acontecer. Não vale se auto sabotar e acreditar que aquele vestido lindo que viu na vitrine é uma emergência!

Para criar essa reserva, você deve seguir os seguintes passos:

  1. Identificar o custo mensal (CM) da sua família;
  2. Multiplicar o valor do CM pelo número de meses que deseja estar coberta por essa reserva. Assim você identifica quanto será necessário juntar para criar sua RE.
  3. Definir um valor mensal para separar para esse objetivo;
  4. Juntar mensalmente o valor definido até alcançar o montante necessário.

Exemplo:

Custo mensal de R$ 3.000.

Cobertura contra emergências para 6 meses.

6 x 3.000 = 18.000

Em um ano, vou juntar R$ 1.500 por mês com objetivo de criar minha reserva de emergência.

Quando alcançar o valor total, mantenha seu dinheiro investido para não deixar que ele se desvalorize, veja aqui qual investimento é indicado.

Toda vez que o valor for utilizado, você precisa repetir os passos anteriores para atualizar o valor total e manter a reserva sempre ativa e atendendo as suas necessidades.

É claro que certos imprevistos vão além da nossa reserva de emergência e podem causar certos desconfortos financeiros, mas com certeza, esse montante vai te deixar protegida para um grande número de possíveis acontecimentos desagradáveis.

Bom, era isso por hoje. Qualquer dúvida deixe seu comentário abaixo que eu respondo com todo carinho.

Bora criar sua reserva de emergência e cuidar ainda mais da sua saúde financeira?

Super beijo e até logo.

X